Apresentação

A Associação Brasileira de Enfermagem, em parceria com o Ministério da Saúde – Secretaria de Políticas de Saúde – Área de Saúde do Adolescente e do Jovem, desenvolveu o Projeto Acolher, tendo como objetivo geral: propor e desenvolver ações integradas que propiciem transformações no modo de pensar/fazer enfermagem na sua prática cotidiana, renovando seu compromisso com a integralidade da assistência d@* adolescente.

Nessa perspectiva e cumprindo com um dos compromissos de contribuir para a qualificação dos profissionais que prestam assistência / cuidam d@s adolescentes e jovens brasileir@s, apresentamos uma construção coletiva dos consultores indicados pelas seções da ABEn, que de forma objetiva e sistemática se propuseram a nortear, por meio de instrumentos teórico-práticos, a assistência a ser prestada a adolescentes e jovens.

Esta obra, “ADOLESCER - COMPREENDER, ATUAR, ACOLHER” nos remete a reflexão-ação em direção à promoção do desenvolvimento saudável da juventude que se constitui em uma grande contribuição da ABEn à sociedade.

Os capítulos foram organizados buscando apresentar as diversas interfaces do trabalho da enfermagem no processo de adolescer.

No primeiro capítulo, “Cotidiano e adolescência – novas abordagens”, são apresentadas as bases que articulam todo o desenvolvimento temático e uma pertinente discussão sobre qualidade de vida e adolescência.

No segundo capítulo “A diversidade dos espaços do adolescer”, os contextos da família, da escola e da rua são focos de reflexão e de propostas de ação.

No terceiro capítulo “A multidimensionalidade do processo de adolescer”, as temáticas da sexualidade, reprodução e nutrição são abordadas no sentido de uma compreensão abrangente da vivência adolescente.
No quarto capítulo “Adolescer e Adoecer” - a complexidade dos agravos à saúde d@ adolescente são discutidos temas como: violência, violência sexual, uso de substâncias psicoativas, depressão e suicídio como problemáticas de nosso tempo.

No quinto capítulo “A recriação de uma espaço de atuação”, a consulta de enfermagem é tratada como possibilidade de ampliação e construção de novas formas de trabalhar com @ adolescente.
No sexto capítulo “Metodologias para o Trabalho Educativo” nossos leitores são presenteados com orientações/roteiros metodológicos que possibilitam a capacitação para o processo de trabalho junto a@ adolescente, numa perspectiva dialógica e participativa.

Esta obra representa muito para todos nós enfermeir@s. É o resultado de um trabalho coletivo idealizado e construído passo a passo, para a enfermagem brasileira e para todas as pessoas que convivem/trabalham com adolescentes, num processo que desafia para maior compreensão, atuação e acolhimento.
Aproveitem esta leitura, leiam, consultem e implementem o que pode e deve ser apreendido, nesta caminhada de compromisso, descoberta e reinvenção deste encontro da enfermagem com @ adolescente.

Eucléa Gomes Vale
Presidente da ABEn

Associação Brasileira de Enfermagem - ABEn Nacional
SGAN 603, Conjunto "B". CEP: 70830-030, Brasília-DF
E-mail: aben@abennacional.org.br
Fone: (61) 3226-0653