Em 2009, a Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos trouxe ao Brasil a Campanha Ponto Final na Violência contra as Mulheres e Meninas.
Durante o ano de 2010, a iniciativa foi desenvolvida nacionalmente e em 2011 entra em outra fase com a divulgação de material audiovisual.  Por meio de três vídeos, a intenção é gerar uma reflexão sobre a violência contra mulheres e meninas e despertar o espectador para transformar suas atitudes e ajudar outras pessoas a também optarem por uma mudança nas ações que dizem respeito à violência de gênero.

 


02No Brasil, a cada 15 segundos uma mulher sofre violência. Vale acrescentar que 14 capitais brasileiras já receberam as atividades da campanha. Debates, atividades de sensibilização em grupo, atividades culturais, visitas domiciliares, oficinas de inclusão digital, dança e mobilizações para adesão à campanha são apenas algumas das ações desenvolvidas. Trata-se de um trabalho educativo que terá resultados em médio e longo prazo.